8.11.07

Poema Amigo

.
.
.
Voa como o vento,
Segue seu pensamento,
Cada gesto, cada palavra, parece dizer
O quanto é imortal.

Em silêncio
você é especial para mim,
E eu sei disso.

Como é estranho...
É como voltar a infância, que se foi
E o tempo se impôs Sobre meu corpo.

Te sentir como o vento,
Te observar como algo
frágil,forte,delicado.
O tempo passa para tudo,
Menos para o inesquecível
Porque não importa se o tempo anda,
O inesquecível permanece na pele,

É impossível não lembrar,
Mais ainda não sentir,
É como ao vento negar-se a segredar,
Sua presença em mim.
As vezes acho que você é imortal,
Pelo menos para mim.

Tenha certeza...
Jamais vou te esquecer.
Passe a eternidade, o tempo que for,
Um pouco seu sempre estará aqui.

E não é promessa, é conclusão.
Lembrarei de você a cada vento.
Que sopra no litoral seco,
do mar que encharca, Pessoinha.
.
.
.

5 comentários:

Brun0 disse...

Linda poesia :)
Belo blog ;)

Anônimo disse...

lindo poema adrei!!!

Anônimo disse...

lindo msmO!!

Anônimo disse...

lindo msmo!! xD

Anônimo disse...

lindo!! serio adrei msmo mtO .. pedromacedo.20.zip.net

Bem Vindo =)

Aqui estão algumas poesias e textos de minha autoria. Fique à vontade para passear pelo blog, comentar nas postagens e visitar os links de outras páginas especialmente selecionados.

Amo escrever aqui e na correria de sempre, que é muita (como toda criatura urbana), volta e meia ele fica um pouco desatualizado. Mas busco atualizá-lo sempre que possível, não tenho uma frequência exata, mas em respeito a quem acompanha e visita, ao menos uma postagem por mês ou semana você encontra por aqui!

.*Obrigada a quem visita*.*.